Topo
Prefeitura Municipal de Quixadá
TAMANHO DA FONTE: A+ A A-
Contraste

Notícias

Prefeito João Paulo destaca Quixadá como rota para o desenvolvimento comercial do estado

A noite dessa quinta-feira, 13, foi agitada na maior cidade do Sertão Central. Expositores, empreendedores, jovens a procura de saber informações sobre o mercado de trabalho e, sobretudo, quixadaenses por busca de conhecimento participaram da primeira noite da 29ª edição da Feira de Negócios da Região Central do Estado (Fenerce).

O evento, que acontece na praça José de Barros, é realizado pelo SEBRAE e conta com o apoio da prefeitura de Quixadá, que sempre é parceira de ações que impulsionam o desenvolvimento local e regional.

A edição deste ano da Fenerce tem como tema ‘’O Ceará se encontra aqui’’, que reforça o potencial econômico e de desenvolvimento dos pequenos negócios na região cearense. E foi com foco para o tema do evento que o prefeito João Paulo de Meneses, durante abertura, destacou que o município é rota para o desenvolvimento comercial do estado. “Quixadá assume uma posição geograficamente importante e estratégica para impulsionar o comércio e os serviços presentes no nosso estado”, comentou.

O prefeito lembrou ainda que a Terra dos Monólitos, pelo potencial que tem, foi o local escolhido por seus familiares para investir. “A minha família começou a empreender em Quixadá em 1978, já são quarenta anos que acreditamos no município como local de grande importância para o setor de economia da região”.

O superintendente do Sebrae no Ceará, Joaquim Cartaxo, participou do evento e citou que os pequenos negócios tem gerado oportunidade de emprego e renda para os cearenses. “Essa feira mostra o vigor dos pequenos negócios. Para se ter uma ideia, 98% dos CNPJ’s no Brasil são dos pequenos empreendimentos”, disse o superintendente.

Estiveram presentes também ao evento os secretários da gestão municipal. Eles conferiram que até o próximo dia 18 de setembro, a Fenerce organizou um ambiente que proporcionará palestras, workshops e exposições, para informar, capacitar e qualificar, além de gerar negócios, serviços especializados e segmentos específicos nos setores de Economia Criativa, Turismo e Agronegócio.

 

Gostou? Compartilhe:

Acesso Rápido

Final de página