Topo
Prefeitura Municipal de Quixadá
TAMANHO DA FONTE: A+ A A-
Contraste

Notícias

Vida e obra de Monteiro Lobato inspiram projeto de leitura em Quixadá

Estudantes das Escolas José Jucá e Flávio Portela Marcílio, pertencentes ao Distrito Educacional Centro, participam do projeto de leitura: “Um país se faz com homens e livros“, que incentiva as práticas de leitura, escrita, e também desenvolve a potencialidade dos alunos que buscam inspiração nas obras do escritor Monteiro Lobato.

A dinâmica do projeto consiste em duas etapas, a primeira em sala de aula com trabalhos pedagógicos, e a culminância com uma programação que incluí leitura dos livros do escritor Monteiro Lobato, encenações teatrais e diversas outras manifestações artísticas e culturais.

Personalidades locais, escritores, poetas e artistas populares, também são homenageados pelos alunos. Alguns escritores integrantes da Academia Quixadaense de Letras participaram como convidados especiais, a exemplo do escritor, professor e historiador João Eudes Costa, da professora e escritora, Angélica Nogueira, jovem escritora e poetisa Geneva Castelo Branco, e a presidente da Academia Quixadaense de Letras, Julieta Martins.
Também participaram nomes que se identificam com o cotidiano e a cultura da cidade, como o poeta e violeiro Guilherme Calixto e o humorista popular Adriano Vidal (Velho Didi).

De acordo com o diretor do Distrito Educacional Centro, professor João Batista, o objetivo é passar uma mensagem clara de que a cultura escrita tem o poder de fazer a transformação das pessoas. “Um pais se faz com homens e livros, diz Monteiro Lobato, e a escola é o espaço apropriado para que a gente possa, de fato, na prática, vivenciar essa grande verdade de um pais que se faz com homens e livros”, disse João ao comentar que “ao ler as pessoas se tornam melhores, entram em contato com outro mundo, ideias de autores, personagens e fazem a reflexão da própria vida”, concluiu.

Gostou? Compartilhe:

Acesso Rápido

Final de página