Topo
Prefeitura Municipal de Quixadá
TAMANHO DA FONTE: A+ A A-
Contraste

Notícias

Quixadaenses discutem novo plano diretor do município

O primeiro passo para a atualização do novo plano diretor municipal foi dado na manhã desta quinta-feira, 11, no Auditório da Faculdade CISNE. A Prefeitura, através da Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Meio Ambiente (SEDUMA), promoveu uma audiência pública para traçar a metodologia que será aplicada em todo o processo de elaboração e finalização do novo plano diretor.

O evento contou com três palestras que ajudaram a mostrar aos quixadaenses o que a Prefeitura Municipal pretende fazer para colocar o novo plano diretor em prática. Vereadores, lideranças comunitárias, representantes da população e a chefe de gabinete do prefeito, Lorena Amorim, acompanharam o relato do ex-secretário de Desenvolvimento Econômico de Horizonte, Dário Rodrigues, sobre como a organização do município da região metropolitana de Fortaleza, valorizando um plano diretor, colaborou com a Economia de lá.

“Sacudindo sua vida e sua cidade” foi o tema escolhido por Rodrigues para destacar que o plano diretor obedece a alguns pilares. “A valorização de políticas públicas nas áreas de Educação, Saúde, Infraestrutura, Habitação e Meio Ambiente fortalece o desenvolvimento econômico do município e ajuda na construção do plano diretor mais sólido”, disse o palestrante.

O secretário de Desenvolvimento Urbano e Meio Ambiente, Flávio França, também proferiu palestra na audiência. Ele lembrou que algumas leis precisam ser atualizadas ou criadas para que o novo plano diretor possa ser efetivado, tendo em vista que o atual é do ano 2000. “O atual plano diretor tem visão macro, mas atua em um plano micro e para que o novo tenha efetivação algumas medidas precisam ser tomadas, como atualização da lei de ocupação, da lei de parcelamento do solo, o perímetro urbano, do código de obras e postura e criação do plano de mobilidade urbana, bem como do código de meio ambiente do município”, comentou o secretário.

Já o gerente da Caixa Econômica Federal de Quixadá, Luis Dorival, lembrou que uma cidade mais organizada ajuda no impacto financeiro, mas que a instituição para ajudar no crescimento local sempre “segue rigorosamente o que a lei manda”, complementando o que foi dito por Flávio França.

A audiência da manhã desta quinta-feira foi primeiro evento que discutiu o novo plano diretor e o próximo já foi anunciado pela Prefeitura Municipal: uma palestra com o arquiteto Herbert Rocha responsável pela criação do plano diretor do município de Sobral. Este encontro acontece no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE) no da 1º de novembro.

Gostou? Compartilhe:

Acesso Rápido

Final de página