Topo
Prefeitura Municipal de Quixadá
TAMANHO DA FONTE: A+ A A-
Contraste

Notícias

Prefeitura de Quixadá salta de 3.3 para 8.25 na nota de transparência do tribunal de contas do estado

A situação de calamidade encontrada em Quixadá em 01 de janeiro de 2017 apontava desafios gigantescos para aqueles e aquelas que assumiam, naquele momento, a tarefa de reerguer a cidade.

Através do compromisso e coordenação do prefeito Ilário, as coisas começaram a se organizar, o controle financeiro foi reestabelecido, os serviços essenciais garantidos e a população voltou a acreditar em dias melhores.

Mas não foi só a saúde, educação, limpeza, pagamento do servidor antecipado, turismo, projetos sociais, organização da cidade e novos investimentos que deram o tom deste novo governo. A transparência no fazer gestão também tem sido um diferencial.

Através de uma comunicação direta com a população é possível que munícipes e visitantes acompanhem, fiscalizem e acima de tudo, participem do fazer gestão pública. Todas as estratégias disponíveis, austeras e eficientes estão sendo utilizadas para consolidar uma gestão popular. Do povo e com o povo.

Além do reconhecimento popular, os números oficiais mostram isso.

Em 2016, Quixadá teve como nota de transparência 3.3. Muito abaixo da média. Quando se detalha essa nota, percebe-se que em 90% dos itens, o município não pontuava. O cenário mudou completamente.

No início do ano, a prefeitura lançou um novo site, moderno, que categoriza a busca por áreas temáticas. No que diz respeito aos setores relacionados aos investimentos, despesas e receitas, licitações, leis, publicações e editais, foi preparado uma área especifica e de fácil acesso ao visitante.

Esse trabalho contribuiu para que a nota de Quixadá saltasse de 3.3 para 8.25. Um resultado significativo e que não foi ainda melhor pela dificuldade de encontrar documentos ainda da gestão anterior.

O secretário de finanças, Denis Dutra, e o coordenador de comunicação, Italo Beethoven, ficaram felizes com o resultado e acreditam que, com o trabalho feito em 2017 e todas as informações apresentadas nos prazos corretos, considerando que agora existe organização interna, diferente dos últimos anos, o resultado de 2018 será a nota máxima. “Iremos melhorar ainda mais a acessibilidade, estimular que o visitante fique mais tempo no site e possa ter uma maior interação entre o site, os canais de transparência e as redes sociais.” Destacou o coordenador de comunicação Italo Beethoven.

O detalhamento do resultado da nota da transparência pode ser encontrada no site do TCM/TCE.

Comparação entre 2016 e 2017 a partir de parte dos gráficos do TCE.

2016:

2017:

 

 

Gostou? Compartilhe:

Acesso Rápido

Final de página