Topo

Notícias

Habitação: Agentes Sociais da Prefeitura já visitaram mais de três mil famílias cadastradas

A secretária de Desenvolvimento Social, Rosa Buriti, que responde também pela pasta da habitação popular, afirmou em entrevista a Rádio Cultura AM nesta terça-feira, 21, que 3.313 famílias já foram visitadas pelos agentes sociais designados a conferir e atualizar os dados das pessoas cadastradas para os programas de habitação popular no município.

A gestão tem como prioridade concluir a etapa de visitas e irá encaminhar o quanto antes toda a documentação atualizada ao Banco do Brasil para que a instituição faça a análise dos critérios e aprove a relação dos possíveis beneficiários das 1.454 casas do Programa Minha Casa Minha Vida no Condomínio Habitacional Rachel de Queiroz, em Quixadá.

De acordo com a secretária o Banco do Brasil devolveu para a Prefeitura 928 cadastros enviados pela gestão anterior que continham algum tipo de incompatibilidade e pendências. Ela acrescentou que os ex-gestores não tiveram o cuidado de seguir os critérios exigidos pelo programa, não houve, por exemplo, o sorteio para a divisão das casas.

Outra falha que está sendo corrigida em tempo hábil pela pasta da habitação foi à ausência da elaboração de um projeto social para o assentamento das famílias no empreendimento, o qual contempla um plano de trabalho voltado para implantação de políticas de geração de renda, profissionalização e inserção no mercado de trabalho.

Assegurar o bom funcionamento de equipamentos sociais como Creches, Escola, Centro de Referência da Assistência Social (CRAS) e quadras poliesportivas, é uma meta da gestão municipal que deverá desenvolver ações integradas que valorizem a saúde, educação, cultura, lazer, esportes e outros.

Gostou? Compartilhe:

Acesso Rápido

Final de página